Prefeito de Caaporã diz que foram 100 dias de muito trabalho para reconstruir a cidade

O prefeito de Caaporã, Kiko Monteiro (PDT), fez o tradicional balanço dos 100 dias de governo, completados nesta segunda-feira (10), e destacou que a Prefeitura Municipal vem conseguindo superar às dificuldades, realizando uma verdadeira reconstrução, tendo em vista os anos de abandono e desrespeito pelo povo caaporense.

Prefeito de Caaporã diz que foram 100 dias de muito trabalho para reconstruir a cidade

O prefeito de Caaporã, Kiko Monteiro (PDT), fez o tradicional balanço dos 100 dias de governo, completados nesta segunda-feira (10), e destacou que a Prefeitura Municipal vem conseguindo superar às dificuldades, realizando uma verdadeira reconstrução, tendo em vista os anos de abandono e desrespeito pelo povo caaporense. Porém, apesar do trabalho intensificado, o município ainda possui diversas dívida deixadas pela gestão passada com fornecedores, Previdência Municipal, INSS, além de consignados, onde os valores foram retirados dos contracheques dos servidores e não foram repassados às instituições financeiras. Mas ainda assim, o prefeito que é formado em administração, conseguiu contornar o caos administrativo herdado e considera que nas ruas a população comemora as mudanças positivas.

De acordo com o gestor, os primeiros 100 dias já apresentam resultados. “Conseguimos organizar o mutirão da limpeza e terraplanagem, recapeamos ruas e tapamos buracos, reformamos e climatizamos algumas escolas, que hoje disponibilizam conforto e merenda escolar de qualidade ao alunado. Estamos pagando os salários rigorosamente em dia, respeitando e valorizando o funcionalismo público, reativamos o Samu, recuperamos ambulância sucateada que hoje serve ao povo, reabrimos o CAPs com novos serviços, melhoramos o atendimento e qualificamos a saúde, temos uma ação social forte e com diversos serviços em favor dos que mais precisam. Estamos num momento de reconstrução, pois foram muitos anos de desprezo e abandono na nossa cidade, mas, vamos recuperar Caaporã e devolver aos caaporenses”, destacou o gestor.

Kiko ainda continuou seu balanço dos 100 dias, afirmando que não falta mais medicamentos nos postos de saúde, pois conseguiu regularizar, negociando dívida com fornecedores. Ele também adotou o chamado método administrativo presencial, acompanhando de perto as ações das secretarias, visitando as unidades de saúde, escolas, conversando diretamente com cidadãos e cidadãs, dividindo o expediente, juntamente com o secretariado, dentro e fora dos gabinetes. Até porque em quase 20 anos, ele é o primeiro prefeito que efetivamente mora na cidade. Vale ressaltar que a prefeitura não existe mais, após ser explodida em ação de criminosos que explodiram dois caixas eletrônicos que estavam instalados no local.

Além disso, o prefeito busca a reabertura do Banco do Brasil na cidade, e já se colocou à disposição para prestar toda ajuda necessária. E em reunião com a superintendência da Caixa Econômica Federal, Kiko solicitou a instalação de um posto avançado da Caixa Econômica. Ele também negocia com empresas para que se instalem em Caaporã para geração de emprego e renda. O gestor em sinal de respeito aos conselheiros tutelares da cidade, já entregou fardamento completo e realizou a atualização salarial. Outra luta do gestor é pela instalação do Corpo de Bombeiros em Caaporã, e o processo teve andamento após reunião do prefeito com o Comandante dos bombeiros.

Ao lado do deputado Branco Mendes, Kiko Monteiro buscou em reunião com o secretário estadual de Segurança Pública, reforçar o policiamento. O prefeito também busca parceria com a iniciativa privada e no intuito de concretizar esta ação, se reuniu com diretores e representante das grandes empresas instaladas no município.

Na agricultura, foi fortalecida a Compra Direta do PAA – Programa Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar e ainda aumentada a distribuição dos produtos agrícola com os moradores.

O Esporte também teve a valorização da Prefeitura Municipal que vem incentivando e apoiando todas as competições esportivas na cidade e na região.

“Nosso propósito é criar as condições básicas para consolidarmos um programa de gestão moderno e eficiente, fortalecendo a economia local, gerando empregos, reduzindo as desigualdades, promovendo ações sociais, ações na área da saúde, qualificando a educação, oferecer uma boa infraestrutura, condições essas sem as quais não conseguiremos avançar para tornar nossa cidade um lugar para viver e ser feliz”, garantiu Kiko Monteiro.