Prefeitura de Caaporã comemora um ano de atividade do Serviço de Atenção Domiciliar (SAD)

O Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD) da Secretaria Municipal de Saúde de Caaporã, que garante atendimento a pacientes que já não podem mais se deslocar até uma unidade de saúde, completou um ano de existência do programa “Melhor em Casa”. A equipe composta de clínico geral, fisioterapeuta, enfermeiro, técnico em enfermagem, nutricionista e assistente social visita semanalmente residências de pacientes. Além de consultar, fazer curativos, medicar, os profissionais também orientam os familiares sobre os cuidados necessários para o bem-estar do convalescente.

Prefeitura de Caaporã comemora um ano de atividade do Serviço de Atenção Domiciliar (SAD)

O Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD) da Secretaria Municipal de Saúde de Caaporã, que garante atendimento a pacientes que já não podem mais se deslocar até uma unidade de saúde, completou um ano de existência do programa “Melhor em Casa”. A equipe composta de clínico geral, fisioterapeuta, enfermeiro, técnico em enfermagem, nutricionista e assistente social visita semanalmente residências de pacientes. Além de consultar, fazer curativos, medicar, os profissionais também orientam os familiares sobre os cuidados necessários para o bem-estar do convalescente.

Implantado na gestão do prefeito Kiko Monteiro, esse importante serviço comemorou seu primeiro ano, realizando um encontro nesta quarta-feira (02), no auditório da Secretaria de Educação, onde o prefeito e os profissionais que compõem a equipe foram homenageados com Certificado de Reconhecimento.

O objetivo principal do programa é promover o cuidado humanizado, aliando a segurança do paciente com um atendimento digno, de qualidade, no conforto do lar.

De acordo com o prefeito, esse programa vem auxiliando as famílias caaporenses e é de fundamental importância para a recuperação de pacientes que não podem se locomover. “O programa tem como foco o atendimento a pacientes que estão em condições estáveis, mas necessitam de uma atenção especializada e podem receber a assistência em suas próprias residências, sem que necessitem estar hospitalizados. Essa equipe está de parabéns, em um ano de funcionamento superou as expectativas de atendimento”, disse o gestor.

Estrutura – O SAD de Caaporã atua com equipe formada pelo médico Francisco de Assis, Daniele Monteiro (Diretora de Atenção à Saúde), enfermeiras Emille Santos e Thais Nazeno (coordenadora), Marinalva, Larissa e Selma (técnicas de enfermagem), Nayane Veloso (Nutricionista), Letícia Régis (Farmacêutica), Marcella Nunes (Fisioterapeuta) e Elizamar Araújo (Assistente Social). O paciente é avaliado por uma equipe médica que entra em contato com os representantes do SAD do município.

Atualmente, no estado da Paraíba apenas cinco municípios aderiram ao Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD), são eles: Cuité, Monteiro, Itaporanga, João Pessoa e Caaporão.

Segundo a secretária de Saúde, entre os benefícios deste serviço estão a otimização dos recursos do SUS, a redução dos riscos de infecção hospitalar, a humanização da atenção trazida pela permanência no convívio da família e a melhoria da qualidade de vida dos moradores. “O serviço foi criado de acordo com as necessidades da nossa população. E uma das conquistas imediatas com a sua implementação é o fortalecimento da rede de atenção primária, que identificará os usuários a serem beneficiados com a iniciativa”, ressaltou.

 

Fonte: Portal do Litoral